Google+ Followers

Total de visualizações de página

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Santarém: Polícia Civil indiciou por homicídio culposo condutor do carro que capotou na madrugada de sábado

Pedro Sousa estava com sintomas de embriaguez

A Polícia Civil indiciou por homicídio culposo - quando não há intenção de matar - o motorista do carro quecapotou na madrugada de sábado (6) na rodovia Everaldo Martins (PA-457), via de acesso a vila balneária de de Alter do Chão, em Santarém. A acidente grave deixou uma jovem morta e outras três pessoas feridas, incluindo o motorista.

O delegado Jamil Kasseb, que está à frente do caso, declarou que o motorista, Pedro Dinele Marinho de Sousa, prestou depoimento na delegacia e foi autuado em flagrante com base Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Além do homicídio culposo, o motorista também foi indiciado por lesão corporal, além de embriaguez ao volante.

Ainda segundo a polícia, Pedro Dinelle passou por audiência de custódia na manhã desta segunda-feira (8) no Fórum de Santarém, onde a Justiça determinou a soltura dele. Agora Pedro está em liberdade provisória. Após a conclusão do inquérito, o delegado deve encaminhar o caso ao Ministério Público, que vai oferecer ou não a denúncia à Justiça.

O acidente

O acidente aconteceu na madrugada, no km 22 da PA-427, em um trecho de curva. Segundo informações da polícia, o motorista perdeu o controle do carro e capotou. A jovem Caroline Rebelo, de 18 anos, foi arremessada do veículo e morreu ainda no local. Outras três pessoas, incluindo o motorista, foram levados com escoriações ao Pronto Socorro Municipal (PSM).

A polícia disse ainda que, dos quatro ocupantes do veículo, Caroline era a única que estava sem o cinto de segurança. Conforme a polícia, o grupo retornava de um aniversário em Alter do Chão quando o acidente aconteceu. No local do capotamento, os policiais encontraram garrafas de bebida alcóolica. O motorista e outros ocupantes do carro apresentavam sinais de embriaguez.

JK com informações do G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário