Google+ Followers

Total de visualizações de página

terça-feira, 13 de junho de 2017

EM ORIXIMINÁ, NETA DE 24 ANOS AGRIDE AVÓ DE 78 ANOS.

 (Foto: Reprodução/Márcio Garcia)

Para algumas pessoas na sociedade contemporânea, os valores estão invertidos, para outros o que se inverteu não era valor e sim o certo de se fazer. Mas independentemente do tempo o uso da violência nunca foi aprovado.

Mas muitas pessoas usam da violência para resolver seus problemas e essas ações caracterizada como cruel, precisou de normas e leis, para inibir e coibir.

Em Oriximiná no bairro Penta, precisamente na Travessa Luiz Inácio Lula da Silva, a neta de 24 anos, agrediu sua avó de 78 anos.

Nosso correspondente Márcio Garcia falou com ela já na delegacia para saber os motivos da agressão, mas mesmo ela tentando explicar so falou palavras vazias sem conexão com o ato "Eu agredi ela por causa dos meus sobrinhos, pois "eles" pensam que eles tiveram alguma coisa com a morte de meu irmão! Ela puxou um cassete para me "bordoa" (bater) e me defendi com minha mão, dei um tapa nela, mas eu não perdoou ela não... e já ta bom não quero mais falar".

 

A acusada já tem passagem pela polícia por outro delito, se diz arrependida, mas mesmo sendo a agressora diz, que não perdoa a avó por que quis repreende-la.

 

Daniele tem 3 filhos que moram com o pai, ela foi conduzida a delegacia, pela guarnição do Sargento Oliveira e Cabo Alan, pelo crime cometido e responderá conforme leia específica do Estatuto do Idoso.         

(INFORMAÇÕES DO PORTAL LIGAÇÃO VIA PORTAL OBIDENSE. FOTO: MÁRCIO GARCIA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário