Google+ Followers

Total de visualizações de página

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Aborto até 3º mês de gestação não é crime, decide 1ª Turma do STF


A 1ª Turma do STF (Supremo Tribunal Federal) abriu nesta terça-feira (29) uma nova jurisprudência e não viu crime na prática de aborto realizada durante o primeiro trimestre de gestação - independentemente do motivo que leve a mulher a interromper a gravidez.

A decisão da 1ª Turma do STF valeu apenas para um caso, envolvendo funcionários e médicos de uma clínica de aborto em Duque de Caxias (RJ) que tiveram a prisão preventiva decretada. Mesmo assim, o entendimento da 1ª Turma pode embasar decisões feitas por juízes de outras instâncias em todo o país.

Durante o julgamento desta terça-feira, os ministros Luís Roberto Barroso, Edson Fachin e Rosa Weber se manifestaram no sentido de que não é crime a interrupção voluntária da gestação efetivada no primeiro trimestre, além de não verem requisitos que legitimassem a prisão cautelar dos funcionários e médicos da clínica, como risco para a ordem pública, a ordem econômica ou à aplicação da lei penal.

Os ministros Luiz Fux e Marco Aurélio Mello, que também compõem a 1ª Turma, concordaram com a revogação da prisão preventiva por questões processuais, mas não se manifestaram sobre a criminalização do aborto realizado no primeiro trimestre.

"Em temas moralmente divisivos, o papel adequado do Estado não é tomar partido e impor uma visão, mas permitir que as mulheres façam a sua escolha de forma autônoma. O Estado precisa estar do lado de quem deseja ter o filho. O Estado precisa estar do lado de quem não deseja - geralmente porque não pode - ter o filho. Em sua: por ter o dever de estar dos dois lados, o Estado não pode escolher um", defendeu o ministro Barroso.


FUNCIONÁRIA DA TV TAPAJOARA FILIADA AO SBT FOI ASSASSINADA EM ITAITUBA, PA.

A funcionária da TV Tapajoara filiada ao STB em Itaituba; Eliane Sousa Santos, de 29 anos, foi assassinada na noite desta segunda feira, 28 de novembro, depois de ser assaltada.
O crime aconteceu por volta das 20hs00min desta segunda feira na 2ª Rua do Bairro Jardim das Araras. Segundo informações; Eliane saiu do trabalho e iria passar na casa da ex-sogra para buscar uma das filhas, mas antes de chegar foi abordada por dois homens em um moto titan, os elementos se aproximaram e anunciaram o assalto, um dos meliantes pegou a bolsa da vitima, e em seguida deu um tiro que atingiu as castas de Eliane, que não resistiu e morreu ao dar entrada no Hospital Municipal.

Devido à falta de comunicação na cidade pouca gente ficou sabendo do crime durante a noite, muitos colegas ficaram sabendo apenas na manhã de terça feira, e todos ficaram chocados com a morte da jovem.  O empresário Wilmar Freire esteve na delegacia de policia para conversar com o delegado e pedir empenho nos trabalhos de investigação para se chegar aos autores do crime.

O diretor da TV Tapajoara Ivan Araújo lamentou a morte da funcionária da emissora, que segundo ele, era uma grande mulher, dedicada, e uma funcionaria exemplar. O corpo de Eliane esta sendo velado em uma igreja da assembleia de Deus na 9ª Rua do Bairro da Liberdade, e será sepultado na manhã desta quarta feira, 30. Eliane deixa duas filhas.

Eliane Sousa teve uma breve passagem pela Tv Itaituba Record, quando a emissora funcionava na Hugo de Mendonça. A direção da TV RECORD vem a publico prestar suas condolências aos familiares e amigos de Eliane, e lamenta por sua morte, e espera que a ajustiça seja feira,  que os culpados sejam presos e peguem pelo crime.

Com  informações do Junior Ribeiro...

PARAENSE LUCAS GOMES ESTÁ ENTRE OS 76 MORTOS DA QUEDA DO AVIÃO QUE LEVAVA O TIME DA CHAPECOENSE PARA DISPUTAR A FINAL DA COPA SUL AMERICANA NA COLÔMBIA. LUCAS GOMES JÁ JOGOU NO TIME DO SÃO RAIMUNDO

Lucas Gomes é de Bragança-PA. Bruno Rangel e Sérgio Manoel vestiram a camisa do Paysandu. Setenta e seis pessoas morreram e cinco sobreviveram à queda

O avião que transportava a delegação da Chapecoense para o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional, sofreu um grave acidente na madrugada desta terça-feira, na região de Antióquia, na Colômbia. Entre os jogadores que viajaram para a decisão da competição estavam o meia paraense Lucas Gomes, natural de Bragança-PA, o volante Sérgio Manoel, com passagem pelo Paysandu no ano passado, e o atacante Bruno Rangel, que já vestiu a camisa de três clubes do Pará: Ananindeua, Papão e Águia de Marabá.

Lucas Gomes tem 26 anos e nasceu na cidade de Bragança, Nordeste paraense. Revelado pelo Bragantino, time tradicional do município, o jogador ainda teve passagem por São Raimundo-PA, Trem-AP, Castanhal-PA, Ananindeua-PA, Londrina, Sampaio Corrêa, Tuna Luso e Icasa. Em 2015, ele ganhou a grande oportunidade na carreira, emprestado ao Fluminense. Pelo Flu, Lucas esteve em Belém para o jogo diante do Paysandu, pela Copa do Brasil. Na temporada, o atacante disputou 55 partidas pela Chapecoense, onde estava desde janeiro.

JK com informações do G1

Lideranças foram ao Ministério da Justiça para cobrar a publicação da Portaria Declaratória da Terra Indígena Sawré Muybu


Na manhã desta terça-feira, dia 29, lideranças do povo Munduruku realizaram um protesto em frente ao Palácio da Justiça, em Brasília, pedindo a demarcação da Terra Indígena Sawré Muybu, no rio Tapajós, no Pará. A ação contou com a participação de mais de 80 indígenas e com o apoio do Greenpeace Brasil e do Conselho Indigenista Missionário (Cimi).

Foram utilizadas grandes letras vermelhas para escrever, no gramado em frente à entrada do prédio, a frase “Demarcação Já”. Também foram fincadas 180 flechas no local, representando os dias do prazo administrativo – expirado ontem (28) – para que o Ministério da Justiça defina sobre a publicação da Portaria Declaratória da terra reivindicada como tradicional pelos Munduruku.

A insistência do governo em construir hidrelétricas no rio Tapajós está no meio do caminho do processo de demarcação da Terra Indígena Sawré Muybu. São Luiz do Tapajós, a maior das barragens planejadas, cujo licenciamento foi arquivado em agosto deste ano, alagaria parte da Sawré Muybu, onde estão localizadas quatro aldeias. No entanto, a Constituição Federal impede a remoção de povos indígenas de suas terras, exceto em ocasiões emergenciais, e, nestes casos, garante a eles o devido retorno.

Apoio – Mais de 1,3 milhão de pessoas ao redor do mundo se juntaram à luta dos Munduruku pela proteção do Tapajós. “Nós sabemos que a terra é nossa e vamos cuidar dela. A gente vive da terra”, explica Juarez Saw Munduruku, cacique da Terra Indígena Sawré Muybu. “Os brancos também sabem que aquela parte é nossa, mas mesmo assim não respeitam os nossos limites. A demarcação nos dá mais proteção para que invasores não entrem na nossa terra”, conclui ele.

Fonte: RG 15/O Impacto e Jéssika Oliveira/Greenpece

Duas mortes com tiros e facadas em Parauapebas no último sábado


A cidade de Parauapebas registrou no último sábado (26) mais dois homicídios, um deles com golpes de faca e outro com disparos de arma de fogo. As vítimas são, respectivamente, Jagno Campos Miranda, de 31 anos, por volta de 21 horas na praça de alimentação conhecida por "Costa pra Rua”, no Bairro Cidade Nova, e Bruno Sousa Leite, de 19 anos, no início da noite no Bairro dos Minérios.

De acordo com o que apurou a reportagem junto à polícia, Jagno Miranda foi assassinado com golpes de faca no peito depois de uma discussão por um morador de rua, até então foragido da polícia, que seria perigoso e responsável por outros três homicídios, e por isso já vinha sendo procurado pelas autoridades.

A confusão teria iniciado entre Jagno e uma mulher ainda não identificada.  Segundo a polícia, a vítima era traficante e teria xingado a mulher com palavras de baixo calão por causa de uma dívida de droga.

Em seguida, o assassino de Jagno teria se aproximado dos dois e também iniciado uma discussão com ele. Depois, o suspeito desferiu a facada no peito da vitima e fugiu do local.

Por engano

Já a execução de Bruno Leite a polícia está investigando para confirmar ou não se ele foi morto por engano no lugar de Alef Lima dos Santos, conhecido como “Pulmão”, que se encontra preso por ter sido flagrado com uma motocicleta roubada.

À polícia, Alef Lima nega que seja a pessoa marcada para morrer, mas admite que foi ameaçado há cinco meses, acusado de roubar a bateria de um caminhão. Alef acrescenta que um dos empregados do dono do caminhão ameaçou que se a peça furtada não aparecesse ele iria matá-lo.

Segundo o investigador Gomes, vizinhos informaram que Bruno era um menino bom e nunca teve passagem pela polícia. "Levantamos a ficha dele e não encontramos nenhuma ocorrência contra ele. Então, tudo leva a crer que foi acerto de contas com a pessoa errada", avalia o investigador de polícia, ratificando que Bruno possa ter sido morto porque foi confundido por ser muito parecido fisicamente com Alef Lima. (Vela Preta/Waldyr Silva)

segunda-feira, 28 de novembro de 2016

CARRO CAPOTA EM MAIS UM ACIDENTE NA TRANSAMAZÔNICA

O Acidente foi registrado na tarde deste domingo (27), Na Rodovia Transamazônica na saída de Brasil Novo para Medicilândia em uma ladeira conhecida como ladeira da Onça.

O Condutor de um veículo de passeio modelo Gol saía de Brasil Novo com destino à agrovila Grande Esperança no Km 50 e ao entrar no desvio, de estrada de chão, perdeu o controle da direção devido a estrada está molhada e capotou caindo dentro da vala feita pela empresa responsável pelos trabalhos na BR 230 próximo à Brasil Novo no sentido Medicilândia na no trecho conhecida como Ladeira da Onça.

Quem presenciou o momento do acidente ficou assustado com o que viu – “Cara foi uma coisa muito doida! Ele ia em nossa frente quando de repente percebi que o carro descontrolou e foi no rumo da vala do outro lado e ele conseguiu evitar, mas não conseguiu mais controlar a direção e saiu desgovernado até sair lá dentro do buraco e a gente correu lá para ajudar a socorrer os caras”. – comentou um e4mpreseário que presenciou o momento em que tudo aconteceu. 

No veículo estavam o motorista e mais um passageiro que conseguiram quebrar o vidro do lado do passageiro sair do veículo. O motorista sofreu um corte no braço e na cabeça, mas sem gravidade e passa bem e o passageiro teve apenas uma pequena escoriação em um dos dedos da mãos. A perca foi apenas material.

Por: Valdemídio Silva

Fotos: Neive Ribas

Morre em Santarém mais uma vitima do acidente entre um micro-ônibus e uma carreta na BR-163.

Morreu na noite deste domingo, 27, mais uma vitima do acidente que aconteceu entre um micro-ônibus da cooperativa Buburé e uma carreta na BR-163, próximo ao município de Trairão.

Washington Rodrigues que era cobrador foi trazido ainda na noite de domingo para Itaituba, foi levado para o Hospital Municipal, na segunda 21 ele foi transferido para o Hospital Municipal de Santarém, onde ficou internado, mas na noite de ontem não resistiu às complicações dos ferimentos sofridos no acidente e veio a falecer. Com a morte de Washington sobe para 10 o numero de mortos do acidente.

Fonte júnior Ribeiro

Jovem foi morta pelo marido em garimpo de Itaituba


A jovem Keílleane da Silva, 28, foi morta no garimpo do Bom Futuro e, de acordo com as informações colhidas pela guarnição do sargento Damião, que se deslocou do distrito de Crepurizão até o local do crime de avião, ela foi morta por Valney Gomes Pereira, 39, que convivia maritalmente com a vítima. Kelly foi morta por volta das 15 horas do domingo (27) com dois tiros de espingarda, que seriam uma calibre 20 e outra calibre 28. A guarnição da Polícia Militar, sargento Damião, soldados Patrick e Maciel fizeram incursões na área garimpeira, porém sem sucesso na captura do suspeito, pois, Valney é garimpeiro e conhece a região, estando escondido nas matas. O corpo da jovem foi levado para Crepurizão e vai ser trasladado hoje para ser necropiciado  
pelo IML de Itaituba, onde a jovem será enterrada, já que era moradora da cidade e estava na área garimpeira por exigência do marido. Segundo o sargento Damião o local onde ocorreu o homicídio era de difícil acesso, exigindo muito esforço para conseguir retirá-lo e encaminhá-lo até a comunidade.

A motivação do crime seria ciúmes, pois a jovem teria envolvimento com outros homens, apesar de viver com Valney, deixando seu parceiro enfurecido, a ponto de cometer um crime brutal contra uma mulher que estava no meio do mato, dentro do garimpo, sem nenhum socorro.

≤≥ Blog RPI

domingo, 27 de novembro de 2016

ITAITUBA: GARIMPEIRO MORRE APÓS UM DESLIZAMENTO NA COMUNIDADE PORTO RICO.



Na tarde deste sábado (26 ), nossa equipe de reportagem foi informada de que um Garimpeiro conhecido por Chico Preto, morreu em um deslizamento que aconteceu por volta das 13h:25min na comunidade garimpeira "Porto Rico" que fica nas proximidades de Jacareacanga.
Segundo informações que foram nos repassadas é  de que o senhor Chico preto  estava barranco na parte do bico jato. Foi quando a barreira deslizou em cima dele.
Quando os outros garimpeiros percebeu o deslizamento já não tinha como socorrer o colega. Infelizmente seu Chico veio a óbito.
As autoridades competentes estão sendo acionados. Para que logo o corpo seja levado para IML para necropsia. E logo entregue a seus familiares.

Fonte: Weslen Reis (Plantão 24horas News)



sábado, 26 de novembro de 2016

ITAITUBA: MAIS UM ACIDENTE COM VÍTIMA FATAL NA RODOVIA TRANSAMAZÔNICA NA "CURVA DA MORTE"

Por volta das 6h:50min da manhã deste sábado 26, mais um acidente grave. Onde vitimou uma pessoa conhecido por Fernando Rocha e conhecido como Moreno e deixou Smaielle como é conhecido gravemente ferido. 

Segundo informações repassadas de um membro do Grupo Plantão 24horas News que esteve no local, dão conta que a motocicleta estava com duas pessoas. De que ao tentar fazer a curva na tão conhecida "Curva da morte" na rodovia transamazônica, eles perderam o controlo da motocicleta e veio a colidir na lateral de um caminhão

As pessoas que estavam no local acionaram imediatamente a polícia militar e o Serviço de Atendimento Móvel Urgência (SAMU), onde a PM isolou o local enquanto os técnico do SAMU estavam fazendo os atendimentos nas vítimas e constatou um Óbito. E logo em seguida após confirmação do óbito foi acionando o CPC Renato Chaves para fazer a remoção do corpo.

O Samu fez o encaminhamento da Smaielle para o HMI em estado gravíssimo. Informações que chegou agora pouco de que será transferido imediatamente para Santarém. 

Vale lembrar os motoristas que usam a rodovia, de que o acidente foi tão violento que o caminhão ficou vazando óleo diesel, deixando a pista lisa. Então atenção  redobrada

Fonte: Weslen Reis (Plantão 24horas News)

Pará tem 39 municípios em alerta e risco para dengue

Mais de 4% das casas visitadas nestas cidades continham larvas do mosquito

Por: O Liberal

Levantamento do Ministério da Saúde, realizado em conjunto com os municípios brasileiros, aponta que 13 cidades do Pará encontram-se em situação de risco de surto de dengue, chikungunya e zika. Isso significa que mais de 4% das casas visitadas nestas cidades continham larvas do mosquito. É o caso de Cumaru do Norte onde a proporção chega a 11,9% das moradias. Na sequência, aparecem Rio Maria (10%), Água Azul do Norte (8,1%), São Félix do Xingu (7,1%), Monte Alegre (6,6%), Floresta do Araguaia (6,5%), Bom Jesus do Tocantins (6,3%), Novo Progresso (5,6%), Rurópolis (5,6%), Santa Maria das Barreiras (5,2%), Rondon do Pará (4,9%), Brejo Grande do Araguaia (4,1%) e Santa Bárbara do Pará (4%).

Em outros 26 municípios, a situação é de alerta (com 1% a 3,9% dos imóveis com focos do mosquito), incluindo nesse rol a capital Belém, com margem de 1,1% dos lares com larvas do mosquito da dengue; Ananindeua (1,2%); Castanhal (1,4%); Marabá (1,6%); e Santarém (2,2%). No total são 39 municípios em situação de alerta e risco, o que representa 88,6% dos municípios pesquisados no Estado, enquanto que 11,4% dos municípios (5) estão em situação satisfatória.

Em todo o País, o levantamento indicou 197 municípios em situação de risco, 658 em situação de alerta e 1.429 satisfatórios. Os dados fazem parte do Levantamento Rápido de Índices para Aedes aegypti (LIRAa) de 2016 divulgados ontem pelo ministro da Saúde, Ricardo Barros. Na ocasião, também foi divulgada a campanha deste ano para combate ao mosquito transmissor das três doenças. A nova campanha chama a atenção para as consequências das doenças causadas pela chikungunya, zika e dengue, além da importância de eliminar os focos do Aedes.

“Para este ano, esperamos uma estabilidade nos casos de dengue e zika. Como chikungunya é uma doença nova, e muitas pessoas ainda estão suscetíveis, pode ocorrer aumento de casos ainda este ano. Porém, para o próximo, também esperamos estabilização dos casos de chikungunya” explicou o ministro Ricardo Barros. Ele ressaltou, no entanto, que o Sistema Único de Saúde (SUS) está qualificado e preparado para o atendimento destas pessoas.

Dos 3.704 municípios brasileiros que estavam aptos a realizar o LIRAa – aqueles que possuem mais de 2 mil imóveis - 62,6% (2.284) participaram da edição deste ano. Em comparação com 2015, houve um aumento de 27,3% em relação ao número de municípios participantes. Realizado em outubro e novembro deste ano, o levantamento é um instrumento fundamental para o controle do mosquito Aedes aegypti. Com base nas informações coletadas, o gestor pode identificar os tipos de depósito onde as larvas foram encontradas e, consequentemente, priorizar as medidas mais adequadas para o controle do Aedes no município.

No Pará, em 2015, foram 70 municípios pesquisados, sendo 10 em situação de risco de surto, 21 em estado de alerta e 39 na condição satisfatória. Atualmente, o levantamento é feito a partir da adesão voluntária de municípios. O ministro Ricardo Barros, no entanto, vai propor que a participação, no levantamento, dos municípios com mais de 2000 imóveis seja obrigatória, a partir de 2017. A proposta será apresentada na reunião da Comissão Intergestores Tripartite (CIT) entre estados, municípios e União, no próximo dia 8 de dezembro.

Lixo

Os depósitos de água, como tonéis, tambores e caixas d’água, foram o principal tipo de criadouro na região Nordeste e Sul. Já o depósito domiciliar, categoria em que se enquadram vasos de plantas, garrafas, piscinas e calhas, predominou na região Sudeste. Nas regiões Norte e Centro-Oeste, o lixo foi o depósito com maior número de focos.

A nova campanha do Ministério da Saúde, de conscientização para o combate ao mosquito, chama a atenção para as consequências das doenças causadas pela chikungunya, zika e dengue, além da importância de eliminar os focos do Aedes. “Um simples mosquito pode marcar uma vida. Um simples gesto pode salvar” alerta a campanha, que  será veiculada de 24 de novembro a 23 de dezembro,ao custo de R$ 10 milhões.

Belém: “Vovó do Furto” volta para a cadeia

“LANCEIRA” Dina Duarte, 53, foi pega furtando celular de passageira de ônibus, ontem

Dina Rodrigues Duarte cumpria pena no regime aberto e usava tornozeleira

Dina Rodrigues Duarte, de 53 anos, conhecida como “Vovó do Furto” - apesar de nem ter idade para ser considerada idosa -, foi presa, na tarde de ontem, no bairro do Guamá, em Belém. Ela furtou o celular de uma jovem que estava sentada ao lado dela dentro de um ônibus da linha UFPA/Alcindo Cacela. Dina está cumprindo pena no regime aberto e usando tornozeleira eletrônica, mas isso não a impediu de reincidir no crime. A mulher é conhecida como “lanceira” e age muito rápido, furtando a vítima no primeiro descuido.

Ao perceber que estava sem o celular, a jovem - que terá a identidade preservada - desconfiou da mulher. Procurou ajuda e encontrou uma viatura da Polícia Militar próximo ao cruzamento das ruas Barão de Mamoré e Barão de Igarapé Miri. 

O Liberal

Belém: Dupla é flagrada cultivando maconha em apartamento

Um esquema de tráfico de drogas que usava apartamentos de alto padrão e casas para plantio de maconha foi desarticulado na quinta-feira (24). Um sistema sofisticado que contava com estufas de lâmpadas para simular a luz solar, aparelhos de ar-condicionado e uso de produtos agrícolas era usado na produção.

Duas pessoas responsáveis pelo plantio da erva foram presas em flagrante por tráfico de drogas durante operação da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), em Belém. Os detalhes sobre o flagrante foram prestados, nesta sexta-feira (25), na sede da Divisão, no bairro do Telégrafo. Os presos são Helio Bezerra Pontes e Juliana Régis Dias Ferreira, ambos com 32 anos. 

Ainda, durante a operação, foram apreendidas drogas sintéticas (comprimidos de ecstasy e cartelas de LSD) nos imóveis. As ervas e drogas sintéticas eram fornecidas para eventos festivos, como "raves" (festas com música eletrônica). 

A delegada Fernanda Maués de Souza, da Denarc, explica que as sementes da droga foram importadas por meio de sites internacionais na internet nos quais é possível ver vídeos com instruções sobre o cultivo de maconha na modalidade "in-door" (em local fechado). Ela explica que os acusados começaram com cultivo da droga para consumo próprio, porém, com o tempo, passaram a comercializar para conhecidos por causa do alto valor dessa maconha.

(Foto: divulgação/Polícia Civil)

Além disso, por ter o princípio ativo (Tetra-hidrocanabinol - THC) potencializado para provocar efeito alucinógeno mais forte do que a maconha normal, a droga pode ser vendida em menores porções, porém por um preço mais alto que a erva comum.

"Um quilo da maconha do tipo haxixe chega a valer até R$ 8 mil, enquanto que um quilo da maconha normal sai por R$ 200", explica.  A operação abordou quatro imóveis durante as investigações realizada na tarde de quinta-feira (24).

Foram revistados dois apartamentos localizados em prédios de alto padrão e duas casas. Em três desses locais, os policiais flagraram o cultivo da maconha.

Em um dos apartamentos situado em um prédio, na Avenida Gentil Bittencourt, no bairro de Nazaré, os policiais encontraram produção de maconha dentro do imóvel em estufas com iluminação formada de lâmpadas fluorescentes, que simulavam a luz solar, refrigeração interna com aparelhos de ar-condicionado, adubos, insumos e toda uma estrutura que permitia o cultivo da erva no local. O outro apartamento ficava na rua Rodolfo Chermont, no bairro da Marambaia, e havia ainda uma casa na travessa Castelo Branco, bairro do Guamá.

Conforme a delegada, Helio é dono de um apartamento na Cidade Velha e responsável em alugar outros imóveis para o tráfico de drogas. Ela salienta que os dois não moravam nos locais que eram usados especificamente para o cultivo da erva. Além disso, detalha a policial civil, os dois costumavam se mudar constantemente de endereço. Atualmente, os dois presos, que são apenas amigos, cultivavam a droga nos imóveis desde o período de abril e maio deste ano.  

Para despistar o plantio de maconha no apartamento e nas casas, eles usavam produtos para abafar o odor da erva e assim não chamavam atenção da vizinhança. Em média, os acusados faturavam por mês de R$ 30 mil a R$ 50 mil com as vendas, pelo levantamento inicial realizado pela Denarc. O cultivo da erva dura de 4 a 5 meses.

A delegada acredita que existe uma rede de crime organizado por trás do esquema de tráfico de drogas. "As investigações serão aprofundadas para averiguar o envolvimento de outras pessoas no esquema", detalha a policial civil. Os presos foram autuados pelo crime de tráfico de drogas e apresentados.

O delegado-geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino, destacou o fato de que a apreensão da plantação de maconha cultivada em um apartamento na área urbana de Belém ocorre no mesmo instante em que policiais civis da própria Denarc atuam em uma operação policial, denominada Tapera, que já destruiu mais de 16 plantações de maconha em regiões de reservas indígenas, situadas na área rural do nordeste do Pará, divisa com o Maranhão.

Firmino explica que essa prática de plantação de maconha dentro de apartamentos e casas é novidade no Pará, mas a prática já é conhecida em outros Estados, como São Paulo e Rio de Janeiro, onde as Polícias já flagraram práticas semelhantes. 

(Dol Com informações da Polícia Civil)

Polícia prende foragido por homicídio em Rurópolis

As Polícias Civil e Militar transferiram, nesta sexta-feira(25) da Delegacia de Rurópolis, no sudoeste do Pará, para o presídio do município de Itaituba, o preso Moacir de Jesus Cotrim Ribeiro, vulgo Maranhão, de 47 anos.

Ele é acusado de assassinar a facadas Wilson Silva Borges, no último dia 14 de setembro, em Jacareacanga, no oeste do Estado. A transferência foi autorizada pela Justiça e foi realizada pela equipe policial designada para o caso. O preso atualmente estava foragido em Rurópolis. Ele foi condenado à pena de 15 anos de prisão. "Com essa prisão, a Polícia tira de circulação um dos traficantes de drogas do município e região", explica, ao ressaltar que a prisão foi realizada durante diligências policiais visando a repressão a atos criminosos.

Fonte: (DOL)

sexta-feira, 25 de novembro de 2016

ADOLESCENTE É MORTO A TIROS NO BAIRRO NOVA EM PARAUAPEBAS PA

Por volta das 21h30min, desta quinta feira, 24, o adolescente Wellington Almeida e Silva, 17 anos de idade, foi assassinado com cerca de 12 tiros de pistola 380, efetuado por dois indivíduos em uma moto FAN, preta, de placa não anotada.

O crime aconteceu na Rua Olga Preste, 339, bairro Nova Vida em Parauapebas.

Segundo informações a vítima se encontrava bebendo cachaça na companhia do dono da casa e duas adolescentes quando foram surpreendidos pelos assassinos, momentos em que o indivíduo da garupa desceu da moto e começou a atirar contra Wellington que ainda chegou a correr para o quintal da casa.

Nos primeiros levantamentos a polícia averiguou que o assassino descarregou a arma na vítima.

Um dos tiros quebrou a perna esquerda de Wellington Almeida.

Uma das mulheres identificada pelo prenome de Cleidiane que bebia junto com Wellington, também foi baleada na perna.

Ainda de acordo com as informações, Wellington estaria aniversariando no próximo sábado dia 26, e havia chegado de Marabá em Parauapebas há pelo menos 15 dias.

Uma hipótese levantada pela polícia leva a crer que a morte do adolescente que tinha passagens pela polícia foi acerto de conta oriunda de Marabá.

Outras informações colhidas no local dão conta também que a morte do rapaz foi por disputa de território da droga entre duas gangues rivais VDM e Shox. Todas as informações estão sendo investigadas pela Divisão de Homicídio.

(Caetano Silva)

BELÉM: PRESO APÓS ASSALTAR POSTO DE COMBUSTÍVEIS 11 VEZES

   

A ousadia, somada à falta de segurança, deu oportunidade a Adriano Maciel dos Santos, de 36 anos, de cometer nada menos que 11 assaltos no prazo de 12 dias ao um mesmo posto de combustíveis, localizado na travessa Padre Eutíquio esquina com avenida Fernando Guilhon, no bairro do Jurunas, em Belém. Somente na madrugada de ontem, ele cometeu 2 assaltos no local, mas pela manhã foi localizado por policiais civis e preso em flagrante. 

Segundo o chefe de operações da Seccional do Jurunas, Rui Fontel, Adriano é conhecido da polícia e já foi preso ao menos 2 vezes pelo mesmo crime no posto, mas logo é colocado em liberdade. A vítima do assalto procurou a Seccional e cedeu as filmagens do circuito de segurança para identificar o homem, que foi logo reconhecido. 

“Fomos até a casa de parentes que disseram que ele (Adriano) havia passado por lá, mas que já tinha ido. Ele não tem casa, vive mais na rua. Acabamos encontrando o Adriano andando pela rua, por volta das 10h”, disse Rui. O dinheiro do roubo, R$112 não foi encontrado, apenas um simulacro usado por ele.Frentista já conhece “estilo” do criminoso

Segundo a vítima, um frentista, que preferiu não se identificar, Adriano chegou e o abordou por volta de 4h30 da madrugada. Mostrou apenas uma parte do simulacro, para intimidá-lo.

“Ele chega de mansinho, a gente nem percebe quando ele já ‘tá’ em cima. Mostrou só a pontinha da arma que é pra gente não perceber nada (revólver falso). Meteu a mão nos meus bolsos, disse que não era para eu esconder nada e ameaçava me matar e ainda rasgou a minha roupa. Foi agressivo”, contou a vítima. 

Mas para a surpresa do trabalhador, após 2 horas, Adriano retornou para assaltar mais uma vez. “Eu quase perdi a cabeça, mas consegui me manter calmo, nessas horas tem que ser, porque senão...”, contou.

Ele relatou ainda que é comum uma viatura com policiais militares circular pela área, mas os ataques acontecem quando eles se ausentam. “Eles sempre fazem cobertura ali, deixam o número para entrar em contato qualquer coisa, mas quando saem dali é que eles se aproveitam”, relatou.

(Emily Beckman/Diário do Pará)

Me rouba" é morto em Altamira, no Pará, em troca de tiros com policiais militares

Um jovem morreu na manhã desta quinta-feira, (24), após realizar um roubo, junto com um outro comparsa, a uma loja no centro da cidade Altamira.

De acordo com informações vindas de Altamira, os dois indivíduos, após realizarem roubos na cidade, se encontraram  com uma viatura da Rocam e tentaram fugir na moto roubada.

Na travessa intendente Floriano, os dois indivíduos abandonaram a moto em que estavam e correram pulando os quintais, mas os policiais, também no encalço, conseguiram capturar um deles. O outro, conhecido vulgarmente por "me rouba" e que estava armado, conseguiu escapar pulando os quintais das casas e invadiu uma residência. Segundo os policiais, "me rouba" desferiu um tiro nos mesmos, mas foi alvejado em seguida. Com ele foi encontrado um revólver calibre 32.

Os policiais conduziram o acusado ferido até o hospital para socorro médico, mas o mesmo não resistiu aos ferimentos e morreu. O seu comparsa foi conduzido à delegacia especializada, junto com a moto que ambos haviam roubado.

Fonte blog do predador

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Operação policial destroi 10 plantações de maconha na divisa do Pará com o Maranhão

Uma operação policial realizada no nordeste paraense resultou na destruição de dez plantações de maconha e na apreensão de 1,5 mil pés da erva, além de 500 mudas, 5 quilos de sementes e parte da droga já beneficiada. Denominada de Tapera, a ação policial foi iniciada na última segunda-feira, 21, e prossegue ao longo desta semana. Os primeiros resultados divulgados nesta quarta-feira, 23, são dos dois primeiros dias da operação que conta, no total, com 30 policiais, da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) e das Superintendências da Polícia Civil nas Regiões Integradas de Segurança Pública Guamá (3ª RISP) e Caeté (6ª RISP); 12 policiais militares do Comando de Operações Especiais (CME); três peritos criminais do Centro de Perícias Científicas Renato Chaves e duas equipes com oito agentes do Grupamento Aéreo da Segurança Pública do Pará (Graesp) no apoio com helicópteros para sobrevoo e localização dos roçados na região.  Segundo o delegado Hennison Jacob, diretor da Denarc, as áreas identificadas com roçados de maconha, durante os levantamentos, estão localizadas na região entre os rios Piriá e Gurupi, na divisa do Pará com o Maranhão.

PARA VER OUTRAS IMAGENS CLIQUE AQUI: Ele explica que essa foi apenas uma das etapas da operação. "A ação policial vai prosseguir por outros municípios do Pará objetivando a localização e erradicação de plantações de maconha, bem como, a identificação e prisão dos responsáveis por esses plantios ilegais", explica. Até o momento, não foram realizadas as prisões, pois, no memento da chegada dos policiais na região, os responsáveis pelo cultivo fugiram, abandonando as roças, inclusive materiais de trabalho, como baldes, galões para transporte de combustível, um motor do tipo motobomba, uma prensa, entre outros objetos, dentro de barracas de lonas plásticas montadas nas plantações.

Dentro de uma das áreas de cultivo, localizada no meio da mata, os policiais encontraram fábricas clandestinas de armas artesanais, mais conhecidas como "bofetes", que são usadas em armadilhas instaladas na mata, para atingir possíveis invasores. No local, havia cartuchos de arma de fogo que seriam instalados nas armas artesanais. Os pés da erva encontrados nas plantações foram retirados e em seguida queimados junto com objetos usados no cultivo da droga. Para localizar as áreas de cultivo da droga, no meio da mata, os policiais contam com apoio de helicópteros no sobrevoo, fundamentais na operação, devido à grande extensão dos terrenos. Toda operação conta com apoio da Secretaria de Segurança Pública, da Delegacia-Geral da Polícia Civil, Comando-Geral da Polícia Militar e Centro de Perícias Científicas Renato Chaves.

Fonte: http://www.policiacivil.pa.gov.br

CORPO DE UM HOMEM COM MARCAS DE TIRO É ENCONTRADO NA ZONA SUL DA CIDADE DE URUARÁ (PA)

Por volta das 06 horas e 20 minutos da manhã desta quinta-feira, 24 de novembro, a  GU da Polícia Militar, composta pelo SGT Ivaldo, Sds Fellype, J. César e Miller, foi informada sobre a existência do corpo de um homem, aparentando ter entre 30 a 40 anos, encontrado no Travessão 180 sul, próximo a ponte que da acesso ao Projeto Habitacional Minha Casa Minha Vida, Bairro Pimentolândia, na zona sul da cidade de Uruará (PA). A GU dirigiu-se até o local e constatou a veracidade dos fatos.

De acordo com a PM o corpo aparentava marcas de disparo de arma de fogo e as evidências indicam que a vitima foi morta em outro local e o corpo foi jogado (desovado) no local onde foi encontrado.

Os policiais informaram que até o fechamento da ocorrência não haviam ainda mais detalhes tanto da vitima quanto da autoria do homicídio.

O crime já está sendo investigado.

Fonte: Sistema Regional de Comunicação

Jesse do Piracanã foi condenado a 11 anos de prisão no Tribunal do Júri (Itaituba)

Na tarde de ontem (23) foi condenado a 11 anos de reclusão, em sessão do Tribunal do Júri, Jesse de Sousa Machado, 23 anos de idade, por tentativa de homicídio, fato ocorrido no dia 22 de agosto de 2015, no clube Quarentão. Jesse deverá passar um longo período afastado da sociedade pois responde a outros processos por roubo e furto, que deverá render mais alguns anos de cadeia. 
≤≥ Blog RPI

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

ITAITUBA: HOMEM ANDANDO COM FACÃO EM VIA PÚBLICA FOI DETIDO PELA PM


Na tarde desta quarta-feira (23), por volta das 15h:35min, o nacional conhecido por Renan Renival de Sousa Costa, foi detido por esta portado um facão, em via pública. 
A abordagem aconteceu as proximidades do km 5. Renan foi conduzido para 19° Seccional de Policia Civil, para averiguação. 
A guarnição comandada pelo Sargento. Juvenal, o  apresentou, e ficará a disposição da justiça
Informações repassadas a nossa equipe de reportagem é  de que o detido, já responde processo na justiça, que isso irá complicar mais a situação do mesmo.

Fonte: Weslen Reis (Plantão 24horas News)

DELEGADA ANDREZA ALVES, COMANDOU NA MANHÃ DE ONTEM A OPERAÇÃO "NOVEMBRO VERMELHO" E COLOCOU ATRÁS DAS GRADES QUATRO MARMANJOS ACUSADOS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA EM SANTARÉM

Delegada Andreza Alves 

coloca os quatros atrás das grades

A delegada da mulher Andressa Alves, através do DEAM Santarém, deflagrou na manhã de ontem (22) a operação "NOVEMBRO VERMELHO" e efetuou quatro prisões, sendo uma em flagrante delito pela prática de lesão corporal, ameaça, injúria e dano e três em razão de mandados de prisão expedidos pela prática de estupro de vulnerável e lesões corporais.

Jonatas Dantas, preso por violência doméstica

Luís Carlos de Sousa Ribeiro, preso por lesão corporal, ameaça, injúria e dano. (violência doméstica)

Hamilton bezerra silva Junior, preso por lesão corporal, (violência doméstica)

ANTÓNIO BATISTA DA SILVA, preso por estupro de vulnerável, preso por sentença condenatória

JK

Ex-presidiário é executado com mais de 10 tiros em Santarém

Um homicídio com características de execução foi registrado na noite desta terça-feira em Santarém, Oeste do Pará. Um ex-presidiário foi executado com 12 tiros dentro de seu próprio carro na avenida Magalhães Barata, próximo à rua João 23.

De acordo com as informações, era por volta das 21 horas desta terça-feira, 22, quando dois indivíduos em uma moto preta executaram Assis Lira Teixeira, morador da rua Bom Jardim, bairro Santarenzinho. Conforme relatos de testemunhas, foi disparado mais de 10 tiros contra o mesmo. 

A versão contada por pessoas presentes no local do fato é que a vítima estava em um ponto de jogatina localizado na avenida Magalhães Barata quando recebeu uma ligação e saiu. Assim que saiu foi abordado por dois homens em uma moto fan preta, ambos conversaram e logo em seguida houve o primeiro disparo seguido de pelo menos mais 03 tiros. Assis estava no carro e tentou fugir, mas só conseguiu chegar ao outro lado da rua e bateu em um bar. Lá seus executores terminaram de matá - lo. Foram em torno de 10 ou 12 tiros efetuados contra o mesmo. Contudo, somente a perícia médica poderá afirmar o número exato de tiros. 

Assis Lira Teixeira era morador do bairro Santarenzinho e havia saído este ano do presídio. Na penitenciária o mesmo cumpriu pena por tráfico de drogas e saiu com Alvará de soltura. Ele era do regime semiaberto, no qual trabalhava de dia na cidade e dormia à noite. Seus assassinos estavam em uma moto fan de cor preta. Um trajava uma camisa rosa e outro preta.









Barcarena: Presos acusados de matar idoso a tijoladas



Mãe teria se irritado por não ter recebido o dinheiro que 
pediu ao idoso (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil do Pará cumpriu mandados de prisão preventiva e prendeu, nesta terça-feira (22), duas pessoas acusadas de matar a tijoladas um idoso na Vila dos Cabanos, em Barcarena, no final do mês passado.

De acordo com a PC, Raimunda Conceição Soares e o filho dela José Aires Soares Costa, são acusados pela autoria de crime de homicídio.

A vítima foi Djalma Gomes da Silva, de 60 anos, morto a tijoladas na cabeça, no último dia 30 de outubro, após se negar a entregar uma quantia em dinheiro para Raimunda.

Se não bastasse, o inquérito policial ainda cita a acusação de que José teria estuprado a filha do idoso que presenciou a morte do pai. (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

As investigações foram presididas pelo delegado Augusto Potiguar, que solicitou à Justiça as decretações das custódias preventivas dos acusados. Os dois foram presos em Vila dos Cabanos.

Conforme o delegado, o crime foi homicídio qualificado. Ele explica que a vítima havia acolhido na própria casa Raimunda e o filho.

"A mulher havia deixado o marido e o idoso estava dando uma ajuda para ela acolhendo-a em casa. No dia do crime, Raimunda teria chegado à casa e pedido ao ancião uma quantia em dinheiro para comprar café e pão, e a vítima teria se negado a dar o dinheiro", explica o policial.

Em decorrência disso, houve uma discussão na casa que resultou no crime. A mulher armou-se com um tijolo e atingiu a cabeça da vítima que caiu no chão. Em seguida, José Aires ainda agrediu a vítima com mais uma tijolada na cabeça para matá-lo. 

(Com informações da Polícia Civil)

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Corpo é encontrado boiando no Rio Xingu em Altamira

Na manhã desta terça-feira (22), o Corpo de Bombeiros de Altamira, sudoeste paraense, foi acionado por populares que observaram um corpo boiando no Rio Xingu, na orla da cidade.

No trecho, foi encontrado o corpo de um homem junto às pedras do local. Lá haviam também manchas de sangue e marcas que, em um primeiro momento, apontam para a hipótese de queda da vítima, identificada apenas pelo apelido de "Pernambuco".No bolso do homem foi encontrada uma "arma branca". O IML foi acionado e fez a remoção do corpo. Não se tem informações de agressão, briga no local ou movimentação durante a madrugada. A perícia vai apontar a causa da morte.

Fonte: DOL (Com informações de Felype Adms)

Dois homens mortos na quinta e sexta-feira em Parauapebas

O município de Parauapebas foi palco mais uma vez de mortes violentas. Na última quinta-feira (17), Gerson Mário Pereira de Sousa, 39 anos, natural de Conceição do Araguaia (PA), foi encontrado morto com um tiro no peito e a garganta cortada. O crime aconteceu na localidade Carlos Fonseca, zona rural de Parauapebas.

De acordo com a delegada Ana Carolina, que responde pela Divisão de Homicídios, até a próxima semana o crime deverá estar totalmente solucionado, pois faltam apenas fazer a identificação formal do criminoso e solicitar a prisão do mesmo.

Parentes de Gerson contaram na delegacia que ele previa que poderia ser assassinado a qualquer momento, tendo, inclusive, informado que no fim do ano iria se mudar de cidade, por não se sentir seguro aqui.

A outra vítima foi Lázaro Mendonça, de 73 anos, cujo corpo foi encontrado na manhã desta sexta-feira (18), em avançado estado de decomposição, no Bairro da Paz. O resultado do exame de necropsia realizado pelo Instituto de Medicina Legal (IML) de Parauapebas vai apontar a causa da morte do idoso.

Conforme revelou Desman Ferreira de Melo, vizinho de Lázaro, ele foi visto pela última vez no domingo, dia 13. “Hoje [sexta] fomos chamar ele e nada de responder. Subimos na escada e vimos ele morto no chão, e aí acionamos a polícia”.

A reportagem apurou junto à vizinhança que Lázaro Mendonça era uma pessoa direita, alegre e brincalhona com todo mundo. (Vela Preta/Waldyr Silva)

Tomé Açu: Preso suspeito de estuprar adolescente de 16 anos



Adryelson das Graças Santos, de apelidos Banal, foi preso em cumprimento a mandado de prisão preventiva, no último sábado (19), acusado de crime de estupro contra uma adolescente de 16 anos. A prisão foi cumprida pela equipe policial da Delegacia de Tomé-Açu, nordeste paraense. 

De acordo com o delegado Alexandre Lopes, o crime foi registrado em 12 de agosto deste ano, quando a vítima foi abordada, enquanto caminhava da escola onde estuda para sua casa.

O suspeito estava escondido em um matagal à espera da passagem da adolescente. Conforme a estudante, em depoimento prestado na unidade policial, o suspeito a carregou e tapou com as mãos a boca da jovem para que não gritasse. Em seguida, ele abusou da vítima na mata. Após o crime, o agressor fugiu do local, enquanto a vítima correu para pedir socorro a familiares. 

Com as investigações, o suspeito foi identificado pela adolescente e, assim, ele teve a prisão preventiva solicitada pelo delegado à Justiça com base nas provas coletadas no inquérito criminal. A ordem de prisão foi expedida e cumprida pela equipe policial. Agora, o preso vai permanecer recolhido à disposição da Justiça para responder pelo estupro da garota. 

(Com informações da Agência Pará)

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Suspeito de praticar assaltos é baleado no bairro Aeroporto Velho

De acordo com a PM, ele estava utilizando um revólver. Jovem reagiu a prisão e foi atingido por tiro na perna.

Um jovem foi preso pela Polícia Militar suspeito de praticar assaltos do bairro Aeroporto Velho em Santarém, oeste do Pará, na noite deste domingo (20). De acordo com a Polícia, ele estava utilizando um revólver e foi atingido por um tiro após tentar reagir a prisão.   Por volta das 21h, o suspeito abordou um homem nas proximidades da caixa d’água do bairro, levando o celular da vítima. Minutos depois, ele abordou também uma idosa na avenida Muiraquitã, próximo ao estádio Colosso do Tapajós, aonde levou mais um celular. 

As vítimas acionaram a Polícia Militar que fez buscas no local. Durante a ação dos militares, o suspeito tentou sacar a arma e acabou sendo baleado na perna. Ele foi socorrido e levado para o Hospital Municipal de Santarém. O caso foi registrado na 16ª Seccional de Polícia Civil e após receber alta médica, o suspeito deve ser levado para o Centro de Recuperação Agrícola Silvio Hall de Moura na manhã desta segunda-feira (21).

Fonte: http://g1.globo.com/pa/santarem-regiao/noticia/2016/