Google+ Followers

Total de visualizações de página

quarta-feira, 7 de junho de 2017

Parauapebas registra três homicídios na madrugada de sábado



O município de Parauapebas foi palco na madrugada deste sábado (3) de mais três homicídios. As vítimas são Leonardo Henrique Gama de Moura, de 24 anos; Antônio Neto Afonso Pantoja, 32 anos; e Paulo José Costa Gomes, 40 anos.

O corpo de Paulo José foi encontrado, até então sem identificação, a cerca de dois quilômetros de um viaduto da Estrada de Ferro Carajás, nas proximidades de Palmares Sul. A vítima só foi identificada porque um irmão dela viu fotos da motocicleta publicadas em rede social e foi até a delegacia saber o que tinha acontecido.

Pelos primeiros levantamentos feitos no local do crime, de acordo com o delegado José Euclides Aquino, tudo indica que Paulo José foi levado até o local onde foi executado, já que a moto dele foi encontrada em outra área em perfeito estado.

Duplo homicídio

Leonardo Henrique e Antônio Pantoja foram alvejados a tiros por volta de 2 horas da madrugada de sábado (3), às margens da Estrada Faruk Salmen, a poucos metros da delegacia de Polícia Civil, no Bairro Jardim Canadá. Leonardo morreu no local e Antônio ainda foi encaminhado ao Hospital Municipal, mas veio a óbito pouco tempo depois.

O barulho dos tiros alertou a equipe de plantão na 20ª Seccional Urbana, que imediatamente foi até o local para ver o que estava acontecendo. Segundo o delegado José Euclides, que estava no plantão, ao chegar ao local ele avistou uma motocicleta caída no canteiro central da estrada e Antônio Pantoja ainda com vida. Minutos depois, a equipe policial localizou Leonardo Henrique morto dentro de um matagal com capacete na cabeça.

Os policiais acionaram o resgate, mas a ambulância estava em outra missão. Para tentar salvar a vida da vítima, a viatura da Polícia Militar levou o rapaz para o hospital.

"Esperamos identificar e prender o mais rápido possível o autor ou autores do crime", adianta José Aquino, acrescentando que nos levantamentos feitos até agora não consta no sistema se Antônio Pantoja e Leonardo Henrique tenham passagem pela polícia em Parauapebas. (Vela Preta / Waldyr Silva)

Nenhum comentário:

Postar um comentário